domingo, 22 de abril de 2012

Uma profissão com futuro


Hoje* encontrei no metropolitano um par de namorados sub-25 com QI abaixo dos 30.
Não conhecem o género? Então eu explico…Ele veste jeans coçados e usa o cabelo em pontas, empastelado de gel. Quando se senta no metro, põe os ténis ( ou as botas da tropa do irmão mais velho) sujos de lama, no banco da frente, para desmotivar alguém que pretenda ocupar o lugar.
Ela usa collants de cor garrida e uma pequena tira de pano em volta da cintura a fingir de saia, coloca os pés em cima do colo dele e envolve-lhe o pescoço com os braços, para não o deixar fugir.
Ambos mascam chiclets enquanto falam. Ela começa as frases sempre com “Ó Môreeeee!” em tom de barítono e ele responde-lhe em contralto: “Fala mais baixo C……”
Agora que já identifiquei o género, passo ao relato.
Sentei-me em frente dela, desejando que não tivessem trocado de lugar antes de eu entrar e comecei a ler o Metro, sem prestar atenção à conversa deles. Pouco tempo depois , a voz dela eleva-se e pergunta:
“Ó Môreeee! Quantos SMS envias por dia?”
Percebi logo que estava a ler o meu jornal ( a noticia de capa era “ Cada jovem envia 235 SMS por dia” )e decidira comentá-lo em voz alta. Ele não parecia interessado na réplica, por isso respondeu com ar de enfado:
“Sei lá C……. Não faço contas a essas m….”
Ela mudou de assunto:
“Ó Môreeee!” os Xutos fizeram anos ónte…”
Percebi que tinha acabado de ler a primeira página e suspirei de alívio. Na estação seguinte, ele saiu. Trocaram um Chuak sonoro e ela disse-lhe em tom de despedida:
“ Môreee, telefona-me quando chegares ao Cól Centre”
Ecoaram-me, sibilinas, as palavras de Sócrates na inauguração de um “call center “ em Santo Tirso: “Trabalhar num call center é um emprego de futuro”.
Pensei para os meus botões:
“Atão num é, Môreee!”


*Na verdade a cena passou-se em 2009 e já tinha publicado no CR, mas reproduzo-a aqui com outro título, porque a maioria dos leitores não a terá lido

19 comentários:

  1. Diverti-me a ler!

    Os tiques descritos e a futilidade foram muito bem captados. Uma fotografia (d)escrita!

    Como eles escrevem "bijooooo"

    ResponderEliminar
  2. Escrito em 2009 mas que continua atual.

    ResponderEliminar
  3. Carlos
    Esta é a prova em como em dois anos não houve evolução, são os temas da treta que ouço da boca da maioria dos jovens no dia a dia.

    Como sou quota deixo um beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  4. Ainda estou a rir!

    Conseguiste que visualizasse a cena!

    O infeliz retrato da maioria da nossa juventude.

    Santo Tirso??? Uma terrinha que me é familiar!!!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Amigo Carlos:
    Um retrato perfeito do futuro.
    Nem sei se deva rir se chorar :(

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Eheheheheh
    Tive que ler o texto uma meia-dúzia de vezes até chegar à conclusão do que seria esse tal "Môreee"! lol
    Tudo porque, como vives em Lisboa, eu associo esta linguagem juvenil mais à moda do Porto.

    Tá bem Môreee...será que o nosso ex PM, lá em Paris, ainda pensará que trabalhar em Cól Centres é o que está a dar???

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Conheço o género... lindamente descrito, aliás. Mas aqui neste "Cól Centre", tão badalado, e onde trabalham muitos dos jovens licenciados Tirsenses em 2009,2010 e 2011 não deve trabalhar...

    ResponderEliminar
  8. Hehehe, um futuro que infelizmente para o presente nunca mais passa chega a passado:)

    ResponderEliminar
  9. Tão empolgada estava na narrativa que até repeti a ideia com 2 verbos! :)

    ResponderEliminar
  10. Eu, por exemplo, não a conheci.Adorei a descrição perfeita, com o sotaque característico e tuuuuuuuuuuuuuuudo mais. Putz, já ouvi muito disso e é dose pra mamute!!! Ri muito do teu jeito por aqui!


    Quanto à minha teia de blogs, podes assim escolher qualquer um. Fico feliz sempre! abraços,chica

    ResponderEliminar
  11. Olá
    Depois de ler o comentario vim aqui para ler este magnifico ó móreeee...
    ...as coisas que a gente vê...
    Depois falam como se a razão e a cultura estivesse ali com eles e as suas maneiras
    ...a modos que...parece que tá tudo dito...

    ResponderEliminar
  12. Lembro-me desse seu post, Carlos. Não o esqueci porque ele me pareceu tão familiar... rs... Poderia bem ter acontecido no Metrô de SP... Os jovens devem, a esta altura, já estar com a vida feita... rs... A menos que tenham resolvido enveredar por outra profissão, menos promissora... rs

    Beijo, boa noite.

    ResponderEliminar
  13. Bué da fixe, man.
    A malta é jovem e diverte-se bué!!
    Aquele abraço e votos de boa semana

    ResponderEliminar
  14. Olá Carlos!
    Este rochedo não é menos duro que o anterior.
    Gostei francamente! Parabéns!
    Vá lá que essa malta de QI abaixo de 30, não tenha posto o telemovel em altos berros com a sacrossanta música de Tan-Tan-Tan.
    Dei uma vista geral pelo blog e fiquei francamente com muita pena da Catia Janine.
    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  15. Ahahah, não me lembro de ter lido este magnífico post, mas achei-o delirante! Tomara poder dizer que não tenha já visto alguns comportamentos similarmente grotescos da parte de outros jovens, mas não posso. Felizmente, não nesta panóplia toda... mas o texto dá um bom retrato do que por cá já não se estranha assim tanto! Mas convém apontar, a dedo! :)

    ps - até já vi umas miúdas dos seus 14 anos ou coisa, porem as botifarras em cima do encosto da cadeira da frente, no cinema. Pior, mais do que uma vez e não eram as mesmas! :S

    ResponderEliminar
  16. Tu nem me fales em Profissões de futuro, que fico toda arrepiada. Que futuro terá esta juventude que gostaria de ter empregos onde nada fazem e muito ganham? Para já não devem haver muitas por aí a não ser os arranjados por amigos pertencentes a partidos que habitualmente "alternam" em cadeiras de poder. O resto... bem o resto só aqueles que estudaram bem não só academicamente falando mas que aprenderam com Papás e Avós boas maneiras e respeito pelas hierarquias coisa rara nos dias de hoje.

    ResponderEliminar
  17. Isso... é de fazer perder completamente o apetite!!!

    ResponderEliminar