terça-feira, 3 de julho de 2012

Leituras em BD

Creio ser abusivo afirmar que os jovens do meu tempo liam mais do que os de hoje. No entanto, não poderia deixar de incluir nesta rubrica algumas bandas desenhadas  que marcaram a minha geração. Compravam-se em fascículos semanais e era sempre uma excitação o dia da sua chegada .







Depois chegariam o Astérix, o Garfield,  e muitos outros.
Quais foram as leituras de BD que mais vos marcaram?

5 comentários:

  1. Sem dúvida o Zorro por me ter chegado às mãos e aos olhos, ainda cândidas e tenros.

    Beijo

    Laura

    ResponderEliminar
  2. Boas memórias, Carlos!
    Pessoalmente, sempre gostei muito do Tio Patinhas, Donald e companhia mas foi do Zé Carioca que eu fiz colecção - ainda guardo cerca de 100 números seguidos. "Pra mais tarde recordar..."
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Praticamente só lia Patinhas e companhia em BD! De vez em quando comprava a revista do Tintin, mas era chato por ser apenas um breve capitulo das várias BDs, que seguiam na semana seguinte. Como menina, achavam que não me interessaria por livros de Astérix, Lucky Luke, etc. Assim, ofereciam-me livros da Anita, que apesar de gostar dos desenhos, tinham umas historinhas muito lamechas. Vinguei-me mais tarde a ler tudo o que consegui de BDs a sério, mas as Anitas traumatizaram-me à grande... :)))

    ResponderEliminar
  4. Tenho ainda alguns destes....para os netos:))) aceito a risada. Tenho umas saudades imensas do Cavaleiro Andante que dei ao meu irmão . O seu divorcio levou os cavaleiros andantes sei lá para onde . Espero que estejam bem.

    ResponderEliminar
  5. Ahhhh.... meu rico Cavaleiro Andante. Saudades...

    ResponderEliminar