domingo, 1 de julho de 2012

Para grandes males...



Ele queria abrir uma janela no saguão da casa. Tinha que pedir autorização à Câmara? Então o mais provável é que a resposta fosse negativa ou nunca chegasse.
Decidiu avançar com a obra. Janela aberta, escreveu para a Câmara:
"Venho requerer a V.Exª autorização para encerrar uma janela no saguão de minha casa, sita na …. por ter necessidade de utilizar aquele espaço como arrecadação...(blá, blá,blá...)"
A resposta da Câmara veio dois meses mais tarde: Indeferido, por razões estéticas e ambientais.
Ele sorriu e subiu ao saguão. Sentou-se à janela a desfrutar a vista sobre o rio.

5 comentários:

  1. Por acaso tenho a sensação que isso acontece mais vezes do que se imagina! A pergunta deve ser feita ao contrário, para os serviços camarários indeferirem... :)))

    ResponderEliminar
  2. Artimanhas de quem tem que lidar com quem ,normalmente, é "do contra".

    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Um prazer ler-te. Gosto daqui e fico.
    Um grande bj

    ResponderEliminar
  4. Em casa de cegos quem tem olho é rei...

    ResponderEliminar
  5. Acredito que não tenha inventado a situação. Já usei o metodo para abrir umas janelas no telhado :-" Peço autorização para acabar com as janelas do sotão pois a humidade que entra , por melhor ue sejam , está a dar cabo ,dos tectos/ das paredes ...."
    R/ Não !:))))

    ResponderEliminar