domingo, 8 de julho de 2012

Quando sali de Cuba




- Foste passar férias a Cuba? Que horror, querida!
- Eu até gostei...
- Bem, estive cinco dias em Varadero e a praia é óptima e os hotéis não ficam nada a dever aos do Algarve, mas ouvi dizer que há outra praia ainda melhor...
- Sim, Cayo Coco!
- Foi em "Cai o Coco" que estiveste? É giro?
- Só lá estive um dia, para ver como era. Estive a passear pela ilha durante uma semana e fiquei três dias em Havana.
- Ai, filha, aquilo é um horror! Estive lá um dia e detestei. Que pobreza! Tudo degradado! E as pessoas? Coitadas, vivem miseravelmente! Nem sequer sabem o que é um hamburguer ... E nem imaginas como olhavam para o meu telemóvel quando eu estava a tirar fotografias!
- É... mas têm um bom sistema de saúde e bom ensino, tudo gratuito...
- Coitados, não têm dinheiro para comprar nada. Aliás... eles não têm é nada. Deixei-lhes as minhas roupas todas, coitados. Se aquilo é assim na capital, imagina como será o resto. O Fidel é um bruto, já devia estar morto. As pessoas nem sequer podem falar, com medo de serem presas.
- Eu falei com muita gente. Algumas discordam de Fidel, criticam-no e querem vê-lo morto, como tu, mas encontrei muita gente que está satisfeita e quase venera o Fidel. Aliás, agora quem está a governar não é o Fidel, é o irmão Raul..
- Ó filha... tu acreditas nisso? Eles dizem bem porque têm medo de ser presos e torturados se forem apanhados a criticar o Fidel!
- Quando andei a passear pela ilha não me apercebi que isso fosse bem assim..
- Ilha? De que ilha é que estás a falar?
- De Cuba, evidentemente...
- Aquilo é uma ilha? Não sabia... Lá em Varadero a gente nem se apercebe disso!

8 comentários:

  1. Carlos, as crónicas incluidas na etiquetas "Da Mente", são as totalmente ficcionadas, verdade?
    Não estive em Cayo Coco, mas ia partindo o coco...
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  2. Boa crônica. Acho que viver em Cuba deve ser muito triste.
    Um grande bj

    ResponderEliminar
  3. Há pessoas que não se apercebem de nada, não é...?
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Deve ser casada com um ministro ou com um gestor (que se calhar já foi ministro).

    ResponderEliminar
  5. Uma texto que retrata Cuba e Varadero. Duas imagens antagónicas e chocantes pelo dimensão do abismo. Só se vê o que se quer ver.

    Beijo

    Laura

    ResponderEliminar
  6. Pensar pela cabeça alheia é mesmo uma tristeza...
    Beijo e um bom dia, Carlos.

    ResponderEliminar