quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Praças da minha vida (8)

 Nunca vos aconteceu  criarem no vosso imaginário a imagem de um local e, quando lá chegam, sofrerem uma decepção? A mim já. Em Times Square.
Pois eu sei que aquilo é icónico, blá, blá blá, mas foi uma decepção. A culpa deve ter sido dos filmes americanos...

7 comentários:

  1. O que eu me pergunto é se existirá alguma Praça ou local em qualquer parte do mundo, por mais recôndito que seja, que tu não conheças. E nem sequer me refiro a Times Square. Falo de uma maneira geral.
    Havia uma rubrica nas antigas revistas das Selecções do Reader's Digest, ( não sei se te lembras) com o título "O Meu Tipo Inesquecível".
    Retratrava o perfil de alguém, cujos feitos haviam influenciado pela positiva a vida de alguém, de uma forma única e especial.
    Ultimamente, sempre que leio as tuas crónicas, penso em ti como "o meu tipo inesquecível". :-))

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Já, Carlos.
    Bali foi um bom exemplo.
    Desilusão total!!

    ResponderEliminar
  3. Eu cheguei a Times Square num sábado à noite e a animação, os néons, tinham exatamente o sabor que eu esperava. Foi uma experiência interessante.

    ResponderEliminar
  4. Concordo absolutamente com a Janita, é Carlos é um tipo inesquecível!!!

    A cidade de Nova Iorque é a cidade dos meus sonhos e, não há nada que me faça desiludir, quando um dia lá chegar.

    A Times Square na região central de Manhattan também faz parte dos meus sonhos e, aí, encontrar o meu querido Woody e, à noite o Brad Pitt.

    Desiludida ando eu, por só poder fotografar as pracinhas cá da terra, e hoje, lá vou eu à caça de novos motivos, mas com o pensamento na Times Square.

    Saudação da amiga de longe, que só gosta de gente loira e, a moça da fotografia é uma ternura.

    ResponderEliminar
  5. Não me admira. Times Square não me seduz minimamente, vista aqui de longe. E longe está do que gosto enquanto geografia física e referência cultural...

    ResponderEliminar
  6. Aquilo é simplesmente minúsculo!!

    ResponderEliminar
  7. Exatamente...a culpa é do cinema.
    Lá cheguei numa tarde de sábado e quando me disseram que eu estava em Times Square eu a fiquei procurando.Na época não tinha tantos luminosos como hoje.Foi uma grande decepção.

    ResponderEliminar