terça-feira, 28 de agosto de 2012

Férias na Jamaica



- Então que tal as tuas férias na Jamaica?
- Ai, querida, foram óptimas! Uma semana fantástica, longe daqui, desta pasmaceira
- Não apanhaste o tufão?
- Oh querida, ali não há tufões! Só furacões como nos Estados Unidos!
- Está bem, mas não estavas na Jamaica quando passou lá um furacão?
- Estava, estava. O Dean por acaso foi um bocado chato...
- ?....
- Imagina tu que no dia a seguir a lá chegarmos estávamos cansados da viagem e só estivemos para aí meia hora na piscina. Depois, no dia seguinte, estava um dia óptimo e tomámos uns banhos que nem imaginas (ai aquelas águas!) que maravilha. E à noite o “reggae”? Oh querida só visto! Aquilo é Bob Marleys por toda a parte...
- Não estás muito queimada, acho que andaste mais nas noites do “reggae” do que a gozar a praia.
- Pois...logo no terceiro dia disseram-nos que vinha um furacão e já nem pudemos ir à praia porque nos avisaram que a qualquer momento nos iam transportar para um hotel mais seguro. Só deu mesmo para comprar umas bugigangas numas tendinhas ao pé do hotel, porque à tarde levaram-nos para outro. Fantástico, minha querida, nem te passa pela cabeça aquela loucura. Só piscinas eram quatro e restaurantes contei pelo menos sete.
- Bem, pelo menos gozaste as piscinas, deixa lá...
- Não... não pudemos ir à piscina por causa do tempo. Estivemos dois dias quase sem sair do quarto e no dia em que o Dean passou por lá só comemos umas rações que os hotéis lá já estão habituados a preparar para os turistas em dias assim. No dia seguinte voltámos de manhã para o nosso hotel, mas o tempo ainda estava muito mau e o hotel tinha ficado muito afectado. E ao fim da tarde do outro dia viemos embora. Olha lá e tu onde passaste as férias ?
- Bem, eu não saí de Lisboa. Fui um dia ou outro com os miúdos até à praia, mas esteve sempre bastante vento...
- Ó querida, coitada! Ficar em Lisboa de férias com este tempo horrível que tem estado! Não consegues convencer o teu marido a oferecer-te umas férias decentes?

12 comentários:

  1. Muito bem caçado!.... Tanto(a)s petulantes deste género que eu fui conhecendo...

    ResponderEliminar
  2. Bem melhor ficar em Lisboa, mesmo sem ir à praia, do que ir para um país que não interessa a ninguém e onde os portugueses são tratados como terceiro mundistas. Lá, só interessa ser americano.
    Salvam-se as águas.
    Abraço amigo Carlos

    ResponderEliminar
  3. Até me esqueci de referir a beleza que é passar as férias a saltar de hotel em hotel, fugindo de tufões e do snobismo da madame.

    ResponderEliminar
  4. Há muitos que viajam assim, dentro duma borbulha.

    ResponderEliminar
  5. Ahahah, que férias giras essas, com direito a furacão, sem praia ou piscina, e ainda a rações... E depois ficar em Lisboa é que é chato! :)))

    ResponderEliminar
  6. Típico dos "chicos espertos" deste país!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Uiiii que chique!
    Isto de andar no mundo por ver andar os outros, ou vivendo para as aparências tem muito por aí.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  8. Tenho conhecido alguns exemplares assim, que só conhecem os hotéis fantásticos dos locais onde vão fazer férias. Só falam dos resorts, do que comeram, das festas. Prefiro agosto em Lisboa. Não tem furacões, tem imensa animação, e há sempre lugar para estacionar. Nem há filas na 2.ª Circular!

    ResponderEliminar
  9. Já não me ria assim há muito tempo. Obrigadinho!

    ResponderEliminar