terça-feira, 7 de agosto de 2012

From London with love (4)



Aquela ideia de que a polícia nunca está onde é precisa, já passou à lenda. Actualmente, pelo menos em Londres, a polícia está sempre no local do crime. Ora vejam lá...
NDb= (60%xNc/Nt+40%XDc/Dt)x17585 é a fórmula mágica que permite ter sempre um agente nas imediações do local do crime. Afinal a solução é fácil!
Não percebeu nada? Então continue a ler, faz favor.
 Esta foi a equação que um grupo de matemáticos apresentou à polícia londrina, que lhes encomendou o trabalho de determinar onde deveriam ser colocados os agentes policiais da cidade, de forma a tornar o combate ao crime mais eficaz. E, traduzida por miúdos, significa que basta determinar o número de agentes necessários para uma determinada área (NDb) e depois distribuir 60% dos efectivos de acordo com as necessidades, por exemplo, de cada freguesia, tendo em consideração a população nocturna e diurna, o desemprego e a situação económica dos residentes. A carência específica da freguesia (Nc) e a falta sentida em todo o distrito é determinada por Nt, sendo que os restantes 40% de efectivos serão colocados de acordo com os níveis de criminalidade ou pedidos de protecção.Falta referir que Dc/Dt significa a relação entre a oferta e a necessidade total. Finalmente, refira-se que 17585 é o número de polícias disponíveis em Londres.
Não estou em condições de garantir que na sua próxima visita a Londres não vá ser assaltado, mas lá que é fácil garantir a segurança, não restam dúvidas...

9 comentários:

  1. Eu agarrada a Düsseldorf e o Carlos a falar-me de Londres e, assaltada também posso ser numa aldeia portuguesa.

    A última vez que visitei Londres cheguei sempre ao hotel de madrugada, sem medo, por confiar na polícia londrina e nos matemáticos do mundo inteiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ando sempre em Londres sem medo, seja a que horas for. Como bem diz, assaltados podemos ser a qualquer hora e em qualquer lugar. E agora por cá, há grandes razões para se sentir bastante insegurança, tal o número de assaltos diários

      Eliminar
  2. E será que uma fórmula tão matemática se adequa à realidade no terreno? Ou é só teoria? ;)

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia essa curiosidade! Prova de que a matemática é uma ciência que não se pode dispensar - perdoe-me o "puxar a brasa à minha sardinha", pois pode ser defeito de formação...
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poder dispensar não pode Isa. Tem toda a razão. O problema é que a aplicação da teoria à prática nem sempre é fiável
      Beijos

      Eliminar
  4. Bem me pareca que o nível, cada vez mais elevado, de falta de segurança que se verifica em Portugal, se devia ao facto da ausência de mentes brilhantes na criação de formas matemáticas para esse fim...
    Será que os súbditos de Sua Magestade, respiram agora mais aliviados?
    Espera só até o Brasil descobrir quão fácil é viver-se em segurança...
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que pelo menos para os JO de 2016 os brasileiros tenham aprimorado a técnica, Janita, porque se ainda andar por este mundo e tiver saúde, esses vou ver "in loco".
      Bem, parto do princípio, também, que até lá o Coelho não me depena...
      Beijos

      Eliminar
  5. Isso é uma adaptação grosseira da série Numbers, Carlos

    ResponderEliminar