terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Em tempo de Paris/Dakar

Os tempos mudaram e a geografia também. O Paris Dakar já não se corre entre aquelas duas cidades, mas sim na América do Sul. problemas da globalização, certamente...
No entanto, se o mundo mudou e a geografia também, há algumas memórias que vão ficando destas provas automobilísticas. É o caso do Renault Gordini, um carro que foi um ícone dos anos 60.

8 comentários:

  1. É impressionante como tudo muda, não chas?
    Desde 2008, data em que o Rally foi cancelado, que esta prova de automobilismo decorre na América do Sul.
    Parece que este ano vai fazer um percurso inverso ao do ano passado. Começa no Perú, passa pelo Chile e termina na Argentina.

    Aposto que gostarias bem de ir ao volante de um
    Mitsubishi, por exemplo, ou preferias, ainda, o Renault Gordini??

    Beijinhos, Carlos, tem uma boa noite!:)


    ResponderEliminar
  2. Nada mais é como era dantes!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algumas coisas, ainda bem que mudaram.Normalmente foi para melhor.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. E foi com um carro destes (transformado, claro) que Carpinteiro Albino ganhou a 1ª.edição do Rali TAP, em 1967.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois foi João. Lembro-me perfeitamente!Aliás estive para fazer essa pergunta aos leitores, mas pensei que seria um bocado difícil.

      Eliminar
  4. Lembro-me bem destas máquinas, Carlos.
    Andavam que metia impressão!!!

    ResponderEliminar