sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Se bem me lembro...

no meu tempo não havia nenhum lar português onde não se encontrasse uma malinha destas...

6 comentários:

  1. Eu ainda tenho a minha «necessaire» vermelha, com a pega na tampa.
    Ou no teu tempo, isso era uma malinha de primeiros socorros??

    Beijinho! Já estás malhor? ;)

    ResponderEliminar


  2. Será aí que a polícia guardou o gás pimenta ( pensei eu que estava proibido...) que lançou sobre os alunos que se manisfestavam em Braga?

    Beijinho preocupado, amigo

    ResponderEliminar
  3. Essa parece uma mini mala de cartão:)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Tenho umas marinhas destas em tamanho pequenino ,onde se guardavam as roupas das bonecas.Como nunca fui mt de achar graça às bonecas as. Malas e os "enxovais"passaram para a geração seguinte e agora já foram entregues as netas :)))tudo com ar de ter sido acado de ser feito ou comprado . Para os seus interesses em especial tb lhe digo que tenho uma maldita com cromos de automóveis ,colecção que vou fotografar para ver se conhece. Nessa os netos ,os rapazes , não podem mexer ,só olham depois de os colocar com mt cuidado sobre a mesa . Londres agora e depois os passeios pelos jardins vão preencher o ano ;) sempre seguindo o seu

    ResponderEliminar
  5. Bem sei a que malas se referia :)apenas aproveitei a ocasião para lhe enviar a foto dos bilhetes de carros que era do meu irmão que deveria ser mais ou menos da sua idade. Vou colocar amanha no outsider.

    ResponderEliminar