terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Those were the days (3)

" O lugar da mulher é no lar. O trabalho fora de casa masculiniza"
( Revista Querida 1955)

6 comentários:

  1. As mulheres estão a ser mais atingidas pelo desemprego...deve ser para se tornarem mais femininas! :-((

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Isso é que eram tempos de gente de barba rija, carago!!
    Eles.....e elas :)))))

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente. Aliás, ando sempre a comprar roupa que os meus bíceps já não me cabem nas camisas. É uma chatice ter de trabalhar fora de casa. Algum dos cavalheiros se oferece para me enviar um cheque mensal para eu ficar no lar a alindar-me? Pois...calculei que não. É pena.
    ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Não concordo com muitas campanhas feministas feitas na actualidade, a sério mostrar as mamas antes de jogos de futebol como forma de protesto contra a prostituição é no mínimo estranho, no entanto concordo com a Rosa dos Ventos é verdade que as mulheres em momentos de crise são mais vitimas do desemprego, há dias fiquei chocada quando conheci uma senhora de 35 anos com dificuldade em arranjar trabalho por causa da idade, por causa de ter um filho e pior de tudo por ser mulher, acho muito injusto. Acho que as prioridades deviam ser revistas para que essas situações de "O lugar da mulher é no lar. O trabalho fora de casa masculiniza" não se recomecem a repetir. Acho que é mesmo importante reverem-se conceitos e lutar por aquilo que realmente é importante.

    Claro que é só a minha opinião :)

    ResponderEliminar