terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Bombinha de Carnaval*

Trocaram um olhar durante o intervalo. À saída do cinema ele tomou a iniciativa de a abordar. Algumas frases depois estavam sentados à mesa de uma pastelaria a tomar um café. Ele contou-lhe uma história engraçada. Ela "partiu-se" a rir. Tinha  injectado  na véspera uma dose de Botox.

* Esta bombinha de Carnaval foi criada por mim ano passado, mas como vivo uma profunda crise de falta de humor, repesquei-a este ano, para quem ainda não a usou.
Entretanto, peço-vos desculpa por andar um pouco afastado das caixas de comentários do vossos blogs, mas prometo voltar em breve às visitas regulares, quando a disponibilidade de tempo e a disposição o permitirem.

6 comentários:

  1. Negro, negro :)
    Hoje contaram-me isto:

    A propósito de bombinha de Carnaval, ouvi dizer que hoje em dia se alguma bombinha rebenta na sala de aula o professor não convida o culpado a sair optando por ser ele a abandonar a aula ficando os foliões usufruindo da gracinha :))))
    Pensava que já nem havia deste material mas pelos vistos ainda há...

    ResponderEliminar
  2. Essa do botox é perversa... (mas de mais!!!)
    Volte sempre!

    Beijo (sem botox...)

    ResponderEliminar
  3. Agora fiquei a saber, porque é que uma familiar minha, nunca se ri.

    O Carlos tem que ter mais cuidado com quem mete conversa.

    ResponderEliminar
  4. Gostei!
    Principalmente do botox...imaginei algumas figuras "cor- de- rosa" e não só!!!

    Fizeste-me rir!!!Preciso!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar