terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Uma viagem muito global



Compra-se um bilhete na TAP, porque a hora do voo da TACV ( transportadora aérea de Cabo Verde) não é a mais conveniente e, chegado ao balcão do check-in, constata-se que afinal o voo é em codeshare ( TAP e TACV), pelo que poderia ter viajado à hora pretendida, pela TACV, poupando algumas dezenas de euros .
Primeira constatação: ou as agências de viagens não sabem o que andam a fazer, informando mal os clientes, ou reservam os bilhetes da TACV para os turistas que viajam nos pacotes que elas vendem. Quem viajar por sua conta e risco que se amanhe!
Chegado o momento do embarque, constata-se que o avião não pertence nem à TAP , nem à TACV, mas sim a uma transportadora checa e que a tripulação, por acaso, é eslovaca e não fala uma palavra de português. As revistas de bordo são escritas em checo mas ( vá lá...) têm um artigo bi-lingue ( inglês e checo) interessante sobre as potencialidades turísticas do país de destino: Cabo Verde. Finalmente, na hora da refeição, conclui-se que o serviço de cattering foi fornecido por um restaurante italiano!
Conclusão: um passageiro português compra um bilhete de avião numa companhia aérea portuguesa, para um destino onde a língua oficial é o português, mas não tem direito nem a um suminho, ou a uma água portuguesa, nem a obter informações na sua língua, porque a tripulação só fala inglês e a sua língua materna ( neste caso o checo).
O  passageiro pergunta  então ( em inglês, claro!) a uma das três atraentes moçoilas que do alto do seu metro e noventa distribuem os tabuleiros com o jantar, se a bordo vai algum passageiro checo. Perante a resposta negativa, saída de lábios carnudos implantados 20 centímetros acima da sua cabeça, interroga-se por que razão as informações de bordo tinham sido dadas em inglês e naquela língua, e não em português, mas a única resposta que obtém dos seus botões é um envergonhado silêncio.
Viva a globalização!



4 comentários:

  1. Carlos,

    Este texto resume a verdade: Globalização...

    Aproveito para agradecer a visita ao meu cantinho e as palavras que lá me deixou!

    Aceite um beijo!

    Ana

    ResponderEliminar
  2. De princípio julguei que fosse anedota... mas pelos vistos não é! :(

    ResponderEliminar