terça-feira, 23 de abril de 2013

Mulher sofre!



Faltam poucos minutos para as 10 da manhã. Acabei de fazer a minha caminhada pelo paredão.  Fui a Cascais, comprei o jornal e empreendi o regresso à base. Estou sentado na esplanada a tomar a bica e a ler as gordas dos jornais, preparando-me para prolongar a manhã junto ao mar na companhia de um livro, porque só à tarde vou trabalhar.
Começo a ouvir respirações ofegantes. Desvio o olhar. Três mulheres na casa dos trinta aproximam-se. Atiram as mochilas para o chão, sentam-se e libertam  suspiros de alívio. Vêm do ginásio e estão cansadas.
- Ano passado as primeiras aulas não me custaram tanto- diz uma
- A idade não perdoa - diz a segunda
- Uma gaja depois deste esforço todo logo pela manhã ainda tem de ir para Lisboa trabalhar? Porra de vida esta!- vocifera a terceira
- Prefiro fazer dieta a suportar esta violência- insiste a primeira
- Deixa-te de merdas! Fazes dieta e depois à noite pões-te a comer chocolates? Prefiro as aulas de ginástica- volta a segunda
- Gaja sofre para se poder meter num bikini...- replica a primeira 
- Gaja sofre mas é por ter de ir trabalhar! - insiste a terceira
-  Ainda por cima sem pode ver a luz do sol, encafoadas naquela m...- reforça a segunda
(Chega o empregado)
- Muito bom dia! Então o que é que vai ser?
- Três sumos de laranja, dois croissants torrados com muita manteiga e uma mariazinha com fiambre, um garibaldi e dois éclairs de chocolate. No fim vamos querer três cafés. 
Estamos com um bocadinho de pressa, porque estamos atrasadas, ok?- adverte uma
- Garibaldi e éclairs não temos...
( As mulheres entreolham-se, desconsoladas)
- Tem queques? - pergunta a de rosa vestido
- Mufins, muffins! Tem muffins!- pergunta a mulher de negro em alvoroço
(As outtras duas acedem de pronto)
- Então são três? De chocolate?
 (As mulheres entreolham-se novamente até sair fumo branco)
- De chocolate
- Para mim é de morango...
O empregado regista o pedido
O "Je" falando com os seus botões:
Mas para que é que elas andam a fazer ginástica? Para emagrecer mesmo? Deve ser... depois do pequeno almoço ainda vão a pé até Lisboa!
Levanto-me e vou a casa buscar a bicicleta. Troco a leitura por um passeio até ao Guincho. 


14 comentários:

  1. rrrsss rrrss
    Mas, Carlos, homem também sofre....rrrss

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
  2. Às vezes... nem eu própria entendo algumas mulheres! Nem sei se é por acharem chique irem ao ginásio... ou o que lhes passa na cabeça! Só sei que "exercícios" desses não costumam resultar em perda de peso (ou, vá lá, manter o habitual)... :)))

    Beijocas!

    ResponderEliminar

  3. ahahahahaha
    Adorei a crónica!!
    Eu só acrescento... mulher sofre é um facto... mas sofre a dobrar quando também sofre dos neurónios!

    É pena que muitas mulheres só se lembrem das dietas e dos ginásios por motivos estéticos... quando na realidade o motivo principal para perder peso, ou fazer por manter o peso ideal, é a saúde!


    Beijinhos na linha
    (e não me refiro à de Cascais)
    (^^)

    ResponderEliminar
  4. Mulheres?!
    Cabeças ocas!

    Nem sabem a sorte que têm em terem emprego...

    O ginásio, para certas cabeças, é a solução para o bikini...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar

  5. Há mulheres para quem a cabeça é um acessório! :))

    Beijo

    Laura

    ResponderEliminar
  6. Já me diverti a ler esta história :) E o pior é que há mesmo mulheres assim.

    ResponderEliminar
  7. Nesta história é muito importante saber se elas são magras ou gordas...
    Se são magras, correm para poderem comer o que lhes apetece...se são gordas, bem podem correr (ou ir ao ginásio) que nunca vão emagrecer!!!
    xx

    ResponderEliminar
  8. Homem também sofre, até ao ouvir as baboseiras que saêm de cabeças onde só existe sarradura!
    Nada melhor que um ginásio como o meu, desde andar álenha no pinhal, limpar o telhado, cortar a relva e outras coisas do género.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  9. :)) Mas elas estão absolutamente certas, todos sabem que nas dietas se deve começar por um bom pequeno-almoço!

    ResponderEliminar
  10. Uma amiga dos tempos de juventude, obesa, não almoçava nem jantava.
    À tarde, na praia, papava uns gelados, umas batatas fritas, uns pastéis, bolacha americana sempre que passavam os vendedores.
    À noite, antes de irmos para borga, emborcava umas tostas mistas, uns cachorros, uns pregos, umas bifanas.
    E ficava admirada por estar tão gorda.
    Ela que até nem almoçava nem jantava! :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. heheheh

      Pedro, essa faz-me lembrar um amigo meu (que é todo divertido) que dizia «eu quando vou a festas e casamentos, para não abusar, como sempre num prato de sobremesa!»... ao que a mulher vinha logo replicar «pois, mas vais enchê-los umas poucas de vezes»...

      (^^)

      Eliminar
  11. Ora Carlos, as mulheres fazem ginástica para poderem comer essas porcarias todas :))) Brincadeira...

    Depois de tanto esforço eu nem teria coragem de pensar em ingerir essas calorias todas, se consigo levantar o rabo da cama mais cedo para ir transpirar não hei-de conseguir resistir a um croissant de chocolate por norma todos gordurosos?

    ResponderEliminar
  12. Ahahah! De boas intenções está o inferno cheio...

    ResponderEliminar