segunda-feira, 6 de maio de 2013

De regresso ao hemisfério norte

Estou de regresso ao hemisfério norte, mas não ainda a Lisboa, nome que me soa bem melhor do que Portugal.
Sou recebido com sorrisos esfuziantes, rostos onde só vislumbro beleza, simpatia e amor. O mar -esplendoroso no seu azul turquesa- está sereno, as areias são límpidas e as  praias estão quase desertas. A temperatura é de 25 graus e sopra uma leve brisa.
O Paraíso  também existe a norte do Equador e sinto a felicidade envolver-me num abraço de esperança, neste imenso areal de 18 quilómetros de extensão, onde não se vislumbra vivalma.
Onde estarei eu afinal?

7 comentários:

  1. Eu apostaria no Algarve... ;)

    E bem regressado seja ao hemisférios Norte!

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  2. Eu sei!!

    Com essa descrição ...num sítio onde eu também quero estar, rrrssss

    Boa estadia, Carlos.

    ResponderEliminar
  3. Porto Santo tem 9 km por isso é ida e volta até à Ponta do Sol! :-))

    ResponderEliminar
  4. Também aposto em Porto Santo.

    Às moscas...deve ser aí!

    Descansa e aproveita...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. A parte dos sorrisos leva-me a hesitar em apostar em território luso ;)...Lanzarote? Fuerteventura?

    ResponderEliminar