quarta-feira, 15 de maio de 2013

RM 17- John Wayne, o novo herói do western


Em Setembro de 1939, Japão e Rússia põem fim à guerrra da manchúria, mas Estaline faz avançar o Exército Vermelho para a Polónia Oriental.
Invadida por Hitler e Estaline, a Polónia é repartida entre os dois estados. Começava a perceber-se o que valem e para que servem os acordos e Tratados assinados entre políticos.
Já que estamos a falar de Pactos, vale a pena lembrar que foi neste ano que Salazar e Franco asinaram o famigerado Pacto Ibérico. Salazar manifesta neutralidade portuguesa durante a II Guerra Mundial e, para comemorar, organiza o primeiro congresso da Mocidade Portuguesa. A neutralidade também é isto…
As grandes obras do Estado Novo ficam marcadas, este ano, com a conclusão da remodelação da Avenida Almirante Reis em Lisboa
Enquanto os americanos se deliciam com o início das transmissões televisivas, Einstein propõe a Roosevelt o fabrico de uma bomba atómica, para que os EEUU entrem na festança bélica bem apetrechados.
No western nasce um novo herói. Chama-se John Wayne e faz a sua estreia no filme Ringo
Berlim assiste à ante- estreia de Fahrenheit 141, com a destruição de 5000 obras de autores considerados degenerados. Para compensar, Estaline confisca várias obras de arte na Polónia e leva-as para casa.
Um alemão ( Rudolf Harbig) estabelece novo recorde mundial dos 800 m em atletimo, com a marca de 1m46,6 s e o de 400m em 46 segundos. Setenta anos depois, estas marcas deixam-nos com um sorriso nos lábios. O mundo caminha vertiginosamente para a loucura. Em muito menos tempo, são destruídos milhões de hectares de floresta, e solo arável é substituído por terreno edificado.

1 comentário:

  1. O mundo caminha vertiginosamente para a loucura e nunca mais recuperou o juízo!!!

    Mais uma fabulosa lição de história.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar