terça-feira, 28 de maio de 2013

RM 24- Warm up


Ao declínio da Europa corresponde a emergência dos Estados Unidos e da URSS. A Guerra Fria prenuncia a entrada em rota de colisão de duas concepções opostas de modelo social, cujo ponto de maior fricção virá a ocorrer na década seguinte, com o episódio da Baía dos Porcos. Do lado americano, McCarthy inicia a perseguição aos comunistas, do lado soviético a reacção não tardará. O equilíbrio é mantido à custa do Terror Nuclear, com as duas superpotências a fazerem sucessivas experiências com a bomba H. ( Estados Unidos em 1952 e URSS em 1953).
Para trás ( 1950) ficara a Guerra da Coreia.
Enquanto as colónias europeias em África e na Ásia se vão libertando do jugo colonialista e se tornam independentes, a China de Mao invade o Tibete e Chang Kai-Chek proclama , em Taiwan, a República da China.
Por cá, a oposição a Salazar sofre ainda a síndrome da desistência de Norton de Matos nas eleições presidenciais de 1949. Dividida e enfraquecida por questiúnculas internas, vê emergir na frente de combate, nomes como os de António Sérgio, Jaime Cortesão ou Vieira de Almeida.
O espaço de manobra é curto e Salazar mostra, logo no início da década, que não está disposto a pactuar com quem não partilhe das suas opiniões e envia um sinal à oposição, logo em 1950, com o julgamento de Álvaro Cunhal a quem é aplicada uma pena “sui generis”: cinco anos de prisão, prorrogáveis indefinidamente.
Entretanto, se ainda estamos a assistir ao warm up da sociedade de consumo, com Charlie Brown e os Peanuts a marcarem o ritmo, isso não invalida que se possa dizer que esta década vai marcar o início de uma alteração de mentalidades, ancorada na televisão a cores e no automóvel. Nem o facto de a reconstrução de Roterdão ter sido delineada a pensar na prioridade aos peões, impedirá o avanço inapelável do automóvel que invade as estradas em velocidade ainda de cruzeiro, mas que conhecerá uma forte aceleração a partir da década seguinte.

3 comentários:

  1. Foram tempos muito conturbados marcados pelas guerras :/

    ResponderEliminar
  2. Tempos agitados que temo ver regressarem...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar