domingo, 16 de junho de 2013

"Conflito de gerações" ( título actualizado)




Um jovem português, de 17 anos, estava a fazer um estágio profissional  numa oficina  em Navarra. 
Um homem espanhol, de 53 anos, dava-lhe boleia todos os dias de casa para a oficina.
Um dia o homem  não apareceu e o jovem teve de ir trabalhar pelos seus próprios meios. Quando chegou à oficina, perguntou pelo homem. Ninguém sabia. Tentaram contactar com o homem. Debalde. 
Ao final da tarde, a Guardia Civil  foi à oficina. Tinha encontrado o cadáver do homem. Consternação geral. Rostos baixos. Algumas lágrimas.  
Ainda mal recompostos, a Guardia Civil comunica que junto ao cadáver do homem havia um bocado de corda. Era preciso fazer análises de ADN.
No dia seguinte a Guardia Civil  comunica que o jovem português foi o autor do homicídio.
Surpresa. Olhos arregalados. Punhos cerrados. Alguém pergunta:
- Porque é que ele fez isso? Eram tão amigos!
O carabinero encolhe os ombros e responde:
- Disse que estava a terminar o estágio e queria ficar com o lugar do “viejo”
( Aconteceu esta semana. Em Navarra. Espanha. ) 

17 comentários:

  1. Não entendo esta notícia como conflitos de gerações, Carlos.

    O jovem português é pura e simplesmente um doente mental.

    ResponderEliminar
  2. Isto ultrapassa qualquer conflito geracional, é antes ausência total de critérios valorativos, é frieza é imoralidade é o desrespeito total pelo outro.

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Concordo que não tem nada a ver com conflito geracional. O tal jovem assassino tem a mente perturbada de um sociopata, provavelmente sobre uma aparência de normalidade, em que não reconhece os valores da sociedade onde vive, nomeadamente o direito à vida. Ah, e claro que isso não é desculpa para não ir preso, que na prisão encontrará outros indivíduos com o mesmo problema...

    Mas lá que é triste, é!

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Triste e inqualificável, sem dúvida... Por via das dúvidas, vou pôr o título do post entre aspas.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Arrepiante!

    Será que "Esta Europa não é para Os mais velhos"???

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é não, Elisa e o problema é que, enquanto aumenta a esperança de vida, é-se considerado velho cada vez mais cedo!
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Também me lembrei do filme "Este país não é para velhos"...
    Até onde pode ir a frieza e a falta de valores?

    ResponderEliminar
  6. Não entendo como conflito!
    Isto é, é o quê, não sei, porque é devastador demais para mim, inclassificavel.

    boa semana Carlos

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é realmente conflito, Flor. É, apenas, um assustador sinal dos tempos
      Beijinho e uma boa semana também para si

      Eliminar
  7. Nem dá para comentar.
    O Horror, o Horror!! :(

    ResponderEliminar
  8. Impressionante...por vezes assusta-me o futuro.

    ResponderEliminar
  9. Aterrador! Sem dúvida que não passava de um louco, mas que deve ser julgado pelo seu crime :/

    ResponderEliminar