segunda-feira, 8 de julho de 2013

Já não há canções de amor? (1)

Prometi romantismo e aqui está. Uma das rubricas deste Verão aqui no Crónicas on the rocks, irá recordar 50 sucessos (românticos) de Verão. Para começo, aqui fica esta:


"A Whiter Shade of Pale", dos Procol Harum, é um daqueles clássicos que, independentemente da idade, toda a gente já ouviu. Animou o meu Verão de 1967 e provavelmente nos anos seguintes, porque naquela época os sucessos não eram para usar e deitar fora uma semana depois. Ficavam meses, ou mesmo anos, nos tops europeus.
Esta canção tem uma particularidade: foi a música mais tocada em lugares públicos, em Inglaterra, nos últimos 75 anos, ultrapassando por larga margem qualquer música dos Beatles. (Apenas por curiosidade: nenhuma canção dos Beatles aparece nas 10 mais tocadas).
Naquele tempo, em qualquer baile, assim que soavam os primeiros acórdãos de "A Whiter Shade of Pale", os meninos ( e algumas meninas) agitavam-se em busca do par ideal. Um dia, numa festa em casa de um amigo, em Vila Nova de Gaia, embeicei-me por uma jovem que era muito requisitada. Como era tímido, chegava sempre em último lugar, na hora de pegar a menina para a dança. Esse meu amigo- que também punha a música -( naquela altura o "dono" da festa tinha o privilégio de ser o disc-jockey, ou nomear alguém para o fazer) condoído da minha má sorte combinou então comigo o seguinte:
-" Quando eu puser a tocar uma música dos Beatles vais buscá-la para dançar. Na música seguinte eu ponho os Procol Harum, sem dar tempo a que os pares se separem".
E assim começou um namorico de Verão, que parecia promissor, mas acabou no Natal, porque em Outubro vim estudar para Lisboa, onde também havia festas e se ouvia "A White Shade of Pale". Foi ao som desta canção, durante uma tarde de sábado, numa festa do Colégio Pio XII, para onde vim viver no primeiro ano, que as palpitações do meu coração se dirigiram para uma "moura encantada" vinda das profundezas alentejanas.
Vá lá, não se inibam, contem as vossas histórias! Verão é como Carnaval, ninguém leva a mal...

15 comentários:


  1. Esta música é tal como tu dizes, não deve haver alma que não a conheça.
    Maneira soberba de começares esta rubrica e garanto-te que podes contar comigo cá sempre batidinha! Quem sabe alguém me pede para dançar ao som de uma música que tem precisamente a minha idade!!
    :)))))


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há sim, uma alma que não a conhece esta música: SOU EU!!!


      Eliminar
  2. O meu coração palpitou...mas só porque continua a ser uma das minhas preferidas!

    Estavas esperando o que? rrrrsss

    Um abraço, amigo meu

    ResponderEliminar
  3. É curioso que de início, não achava grande piada a Procol Harum, passei anos sem ouvir esta música e um dia voltei a ouvi-la e gostei... :)

    Fiquei curiosa em saber quais serão essas músicas no top+ das mais ouvidas de sempre, mesmo que em Inglaterra. Sei que enjoei um grupo de culto para muita gente, porque o oiço sempre que abro a rádio: Queen! E que outra, essa sim, muito associada às minhas primeiras idas a boites/discotecas, também passa vezes sem conta na rádio, mas traz-me boas recordações: "Hotel Califórnia", dos Eagles... :)))

    Essa também é uma das razões porque ouço pouco a rádio: tenho tendência a enjoar músicas que ouço repetitivamente, e há muito a mania disso acontecer por cá... ;)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  4. Uma canção sem idade!

    Tanta vez a dancei...encostadinha!!!

    Fiquei a ouvi-la, recordando tempos em que era "nova e tinha sonhos"!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. "Vá lá, não se inibam, contem as vossas histórias de Verão" é um desafio, Carlos?

    Caso seja um desafio, a história tem de ser romântica?

    ResponderEliminar
  6. Estava com curiosidade de ouvir "A Whiter Shade of Pale", dos Procol Harum, (nunca ouvi falar deles), mas não me é permitido ouvir aqui o vídeo.

    Não era chato, estar a ouvir os sucessos da época durante meses, ou mesmo anos, nos tops europeus?

    ResponderEliminar
  7. Conheço-a bem. E nunca ficava sentada.
    : )

    ResponderEliminar
  8. Boas recordações! Conheço-a bem mas a minha música é outra também foi num Verão muito apaixonado :) que adoro recordar.
    Dancei-a e ouvi-a no meu ouvido noites e noites foi uma grande paixão!!!
    "Wonderful tonigt "de Eric Clapton vou deixá-la lá no meu Papoila se quiserem recordar.
    Obrigada, Carlos foi mesmo bom recordar :)))

    ResponderEliminar
  9. As melhores memórias têm as melhores bandas sonoras :)

    ResponderEliminar
  10. Começou bem!
    Mas eu só vou comentar as minhas memórias depois de vir de férias (parto quinta-feira, volto na outra quinta)

    ResponderEliminar
  11. Ai ... quando se dançava o "slow"... :))

    ResponderEliminar
  12. Isto é música cá do meu tempo; hoje já não se fazem músicas destas.

    ResponderEliminar
  13. "...uma "Moura encantada" Vinda das profundezas alentajanas.???"
    Gostei!

    ResponderEliminar