terça-feira, 9 de julho de 2013

Já não há canções de amor? (2)

Vá lá confessem, quantas vezes cantaram ou ouviram cantar ao ouvido esta tórrida canção?

11 comentários:

  1. Obrigada por este momento.
    Às vezes esquecemo-nos, destes momentos, que são a essência absoluta... do resto da existência.

    ResponderEliminar
  2. Quantas vezes, não sei. Mas há muito tempo que não ouvia. :)

    ResponderEliminar
  3. Confesso sim, que nunca cantei nem ouvi cantar esta canção?

    Vamos lá ver, se aparece aqui uma canção que eu já tenha ouvido.

    ResponderEliminar
  4. Amigo meu, nem toda a gente teve uma vida amorosa muito preenchida...

    Fica bem

    ResponderEliminar
  5. São!

    Uma mulher pode ter uma vida amorosa muito preenchida, mesmo só gostando de música clássica.

    ResponderEliminar
  6. Oi, Carlos... posso participar, mesmo estando no inverno?

    Belíssima. voltei à adolescência, mas a brisa da realidade me arrebatou.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  7. Por vezes vou ouvi-la...e lá vêm as doces recordações!!!

    Beijinhos.



    ResponderEliminar
  8. Ahhhhhhh...esta ,dancei-a vezes em conta no baile dos velejadores no clube náutico, em Luanda!

    Hummmmmmmmmmmmmm...o que me foste recordar...uma noite linda, quente, o mar, as estrelas...o meu vestido, sem costas, esvoaçando...o meu pai estragando o melhor da festa indo-me buscar, às 2 da manhã (uma raridade , naquele tempo!!!

    beijinhos.

    ResponderEliminar

  9. (parece que estou a ouvir o Oceano Pacífico no tempo em que era apresentado pelo João Chaves)

    Já a cantei muitas vezes sim... o pior é quando chegava à parte do refrão!!
    Desafinava sempre no falsete!! lol


    E vão duas... venham mais!
    Beijinhos revivalistas
    (^^)

    ResponderEliminar
  10. Passou-me esta. Mas há músicas que são sempre agradáveis de voltar a ouvir, mesmo que elas já não sejam sussurradas aos nossos ouvidos, numa pista de dança... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar