quarta-feira, 10 de julho de 2013

Já não há canções de amor (3)

Esta era excelente para dançar parado, não era?
Logo à noite há uma história mais mexida...

11 comentários:

  1. A quem o dizes!!!

    Troco por esta...

    http://youtu.be/YsgL35RCGcc

    Até logo.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Intemporal, magnífica, uma das melhores canções de sempre.

    Mas não para dançar, simplesmente ouvir...p

    Partilhei no facebook.

    Fica bem, amigo.

    ResponderEliminar
  3. Uma canção que ainda hoje gosto.

    TODAS as canções do belga, são canções de sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "This video is not available in your country"

      Desta vez, não me importa, porque tenho as canções dele em CD.

      Eliminar
  4. Esta é outra das que faz parte das músicas de todos os tempos. Dançada ou só ouvida... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar

  5. Mais uma excelente escolha!!
    Não tenho a experiência de dançar esta música (lá está...é muito paradita) ... mas ainda hoje adoro ouvi-la e cantá-la também :)


    Bisous...
    (^^)

    ResponderEliminar
  6. Além de ser para dançar parado (ainda hoje me referi a isso no blog da Afrodite) eheh ... esta uma das mais sentidas interpretações a que jamais assisti !
    Aparentemente, uma das mais belas "provas de amor" (que enviei para o blog da Janita) e "cedência", se bem que haja uma versão da sua origem (canção) que o implica com algumas traições e exigências extremas, a quem agora se dirige ! Será então mais um "arrependimento" que outra coisa, o que não invalida a interpretação fantástica !
    .

    ResponderEliminar
  7. Esta não danço. Só ouço. Maravilhosa.

    ResponderEliminar
  8. Esta é para ouvir e tornar a ouvir, se possível bem acompanhado...

    ResponderEliminar
  9. "Ne me quitte pas" isso é o que todos desejamos "gritar"quando estamos apaixonados!
    xx

    ResponderEliminar