terça-feira, 20 de agosto de 2013

Já não há canções de amor? (23)

 Esta não terá sido dançada pela maioria das/os leitoras/es que por aqui passam, mas lembrei-me dela por causa da estória que aqui vai ser contada ao pôr do sol.
Oh, my god, que belas recordações de uma certa praia outrora imaculada e hoje em dia se tornou num tenebroso jardim de cimento. Pois, Benidorm, a minha praia entre os 10 e os 20 anos, nos longínquos anos 60.

6 comentários:

  1. Lembro-me tão bem desta canção, que não ouvia há anos muito largos.

    De Benidorm, recuso-me a falar!

    Fica bem, meu amigo

    ResponderEliminar
  2. Também eu pertenço aos longínquos anos 60 e danceiiiiiiiiiiiiiiii-a!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Conheço a canção, não o cantor. Memória seletiva.

    ResponderEliminar
  4. Não conheço nem a canção, nem o cantor! E Benidorme só conheci nos anos 90, quando já era esse jardim de cimento, mas mesmo assim gostei muito das férias que lá passei... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  5. É verdade... o Polnareff... Gostei de recordá-lo. :)

    ResponderEliminar
  6. Claro que conheço a canção, mas nunca fui muito à bola com este cantor.

    ResponderEliminar