terça-feira, 1 de outubro de 2013

Impecável! Será mesmo?

Será mesmo?

Ando a actualizar um dicionário pessoal e deparei-me com um problema:  como definir a palavra IMPECÁVEL? 
Logo à partida, parece-me uma palavra cuja existência não se justifica para além do universo da oralidade, porque escrita não faz ( para mim ) qualquer sentido. *
Alguém escreve que uma pessoa é impecável? Não!
Na expressão oral já se entende melhor a sua utilização. Quando alguém nos pergunta a opinião acerca de uma pessoa e nós não conseguimos realçar nela qualquer qualidade, respondemos: Fulano? Eh pá, esse gajo é impecável! Que quer isso dizer? Nada!
 O único conceito que consigo ligar a impecável é o vazio. Quero com isso dizer que uma pessoa impecável não tem nenhuma qualidade distintiva que mereça realce, daí que quem rotule uma pessoa de impecável, embora possa admitir que está a fazer um elogio, está na realidade a fazer exactamente o contrário. Mais ou menos como quem diz. Eh, pá eu não tenho nada a dizer contra ti, mas também nunca te descobri qualquer qualidade, por isso deves ser impecável.
Estão agora a perceber por que razão eu penso que ninguém escreve “ o fulano é impecável?” Quem vai elogiar alguém, por escrito, recorrendo a um conceito oco?
Eu admito que se diga “aquele tipo tem um comportamento impecável”. Apesar do relativismo do conceito, percebo que a pessoa está a querer dizer que “um tipo tem um comportamento impecável” é um tipo que se pauta por padrões que ele aprova, porque se coaduna com os seus. O problema é que se eu não conheço a pessoa que profere essa frase, fico sem saber o que ela quer dizer com “comportamento impecável”.
E se eu conheço a pessoa que proferiu a frase e o considero um sacana, mas desconheço a pessoa a quem ele se refere? Concluo, de imediato, que deve ser igualmente um sacana!
Depois ainda há outro problema. Não sei por que razão, conoto facilmente “impecável” com uma pessoa que não peca. Ora uma pessoa que não peca deve ser sensaborona e chata, e eu não gosto desse tipo de pessoas. Logo, para mim, uma pessoa “impecável” nunca poderá fazer parte do meu círculo de amigos. Conclusão imediata: impecável não é elogio, mas sim estigma.
E quando se trata de elogiar a forma como alguém se veste? “ Eh pá esse fato é impecável”, ou “trazes uns sapatos impecáveis”, o que se pretende dizer? Relembro: dizer. Alguém escreve esta frase num livro? “ Ela apareceu sorridente. Vinha impecavelmente vestida” (? ) Para além da Margarida Rebelo Pinto, sinceramente, não estou a ver ninguém.
Bem, mas isto sou eu ( que não me considero uma pessoa impecável) a pensar. E quando penso ( coisa que raras vezes faço) dificilmente tiro conclusões definitivas. Dai que peça o vosso contributo. Como definiriam impecável? ( Não vale ir a correr ver as definições de outros dicionários…) É elogio, acusação, insulto, estigma ou apenas o tal conceito vazio de que vos falava no início?

* O que não quer dizer que nunca  tenha escrito...

8 comentários:

  1. Não é uma palavra que me repugne assim tanto... mas de facto, se é para significar algo perfeito sempre podemos questionar: a perfeição existe?

    ResponderEliminar
  2. Impecável...o pecado que não ocorre? Sem pecado? Longe de pecar?
    Quem sabe... hahahah
    Um bj adorei o texto.

    ResponderEliminar
  3. O meu quarto não é tão IMPECÁVEL como o da imagem... mas quase.
    Não esquecendo o sofá com o meu querido Casimir.

    "Impecável" não tem para mim uma conotação negativa.

    A perfeição total não existe, mas eu tento fazer tudo o mais perfeito possível.

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que não se considera uma pessoa impecável - eu também não o considero como tal - .O seu comportamento escrito, quando em dias não, deixa de ser irrepreensível. Logo, ser-se impecável, não é elogio, acusação, estigma, conceito vazio (?) e muito menos defeito!

    É feitio...que varia com as marés, mal ou bem humoradas...

    J/GM

    ResponderEliminar
  5. 1.º O facto de mencionar a Margarida Rebelo Pinto significa que lê os livros dela? Não julgo, é só curiosidade.
    2.º Para mim, impecável não é uma palavra oca nem significa sensaborona. Para mim, uma pessoa impecável é alguém com quem gosto de estar porque aprecio as qualidades que tem, sejam elas quais foram.

    ResponderEliminar
  6. Impecável é palavra que por norma não uso, mas nunca tinha pensado nisto. Só por isto este post já está impecável. :)

    ResponderEliminar
  7. Impecável ,associo-a ao bom gosto de um visual...de um look!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Sem mácula. Sem pecado. Assim a modos que muito perfeitinho :)
    Adaptado à pessoa humana: uma pessoa impecável é uma pessoa mais ou menos perfeitinha: prestavel, divertida, sem maldade. Será portanto o oposto do filho da puta. Pardon my french...mas reparei que estou na semana certa e tudo ;)
    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar