quinta-feira, 21 de novembro de 2013

E se lhe dissessem que ia encolher 30%? Não acreditava, pois, não?


Aprendi no liceu – e acreditei até ontem- que o calor dilata os corpos.  Uma regra irrevogável, onde não cabiam excepções.
No final  da conferência de Varsóvia sobre alterações climáticas, fiquei a saber que há mesmo excepções. Quem o garante, são especialistas do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas. Perante a possibilidade de a temperatura subir, até 2100, cerca de 5ºC, os especialistas alertam que os mamíferos  correm o risco de encolher( quando, segundo a regra que todos aprendemos, deviam aumentar).
Antes que comecem a torcer o nariz, lembro-vos que  a maior parte das teorias  que estes peritos vêm publicitando desde os anos 70 do século passado,  se têm vindo a confirmar. É o caso, por exemplo, do aumento do número de tornados e de outros fenómenos atmosféricos extremos que os cientistas previam em 1987, que se tornariam cada vez mais fortes e devastadores, especialmente a partir de meados da primeira década deste século.
Ora os cientistas que admitem a possibilidade de os mamíferos  poderem encolher, baseiam-se em dados históricos e alertam que o fenómeno já aconteceu , pelo menos  duas vezes, em períodos pré-históricos  distintos. Nessas duas ocasiões, cavalos e algumas espécies de primatas encolheram 30%.!
Eu sei que isso não nos afectará grande coisa, mas ver a Terra transformada num planeta de anões era algo  cuja possibilidade nunca me ocorrera. A partir de agora, quando alguém me vier lembrar que o calor dilata os corpos, vou responder:
- Está bem, mas há excepções... E acendo um cigarro, para confirmar  a minha tese de que, no mínimo, algum tipo de calor encolhe os cérebros, como aqui se demonstra

6 comentários:

  1. Carlosamigo

    Coisa estranha; mas se o Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas diz que é assim mesmo - quem sou eu para duvidar? À uma há cada uma...

    Abç

    ResponderEliminar
  2. Passei por acaso mas gostei e já estou a seguir!
    Boa noite
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Eu encolho com o friiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiio!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Sobre os cérebros que encolhem digo que os extremismos são tramados. Mas sobre a lei do tabaco, digo que ainda bem que se deixou de poder fumar nos edifícios públicos. Eu não sou fumadora mas apanhava com muito fumo dos colegas que o eram. Acho que deve respeitar-se a opção de cada um quanto ao fumo e sobretudo que não se prejudique o próximo.

    ResponderEliminar
  5. Quando oiço as medidas propostas por esses anti-tabagistas extremistas só me apetece assoprar-lhes fumo para cima. Muito!

    Encolher 30%? Notícia estranha, no mínimo! :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar