sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Palém donde?



Esta foto, que saquei da Net, deve ter sido tirada "palém do sol posto!"
Estas coisas das anestesias têm que se lhe diga... não é que hoje me deu para ler "A Bola"? Em boa hora o fiz, pois encontrei lá uma nova palavra que desconhecia em absoluto. 
Segundo aquele desportivo, o novo acordo ortográfico introduziu algumas medidas de austeridade, com o objectivo de poupar papel, tempo e letras. Assim, a expressão "Para além de" passou a ser "palém" . Com essa medida, os acordistas prevêem poupar, anualmente, 1127 árvores em todos os PALOP, excepto Portugal, onde não se poupa nenhuma árvore, porque aquelas que não forem para papel ardem durante o Verão.
Confesso que, ao deparar-me pela primeira vez com esta palavra, tive muita dificuldade em perceber o significado, mas depois lembrei-me que já recebi alguns SMS onde a palavra aparece. Trata-se, por isso, de mais uma palavra acolhida no novo acordo ortográfico, via novas tecnologias.
Devo confessar que ainda estou a ressacar da anestesia e hoje até tencionava dar uma aula prática, mas a máquina fotográfica avariou e impediu-me de concretizar o desejo.
" Palém" disso, estou com imensa vontade de "Amandar" ( signf: atirar com força e convicção)com um calhau ao televisor. Não é que, desde que despertei da anestesia, só vejo cenas surrealistas? Eu nem vos conto o que tenho visto, senão vocês ainda pensam que endoidei. Podem estar descansados... eu só "Entropecei" ( signif: tropeçar duas vezes seguidas)aqui nos fios do televisor e dei com a cabeça na "Parteleira" que é o sítio onde as pessoas finas põem  livros ( que nunca leram) com capas  fixolas  para impressionar as visitas.
E agora vou-me, porque este fim de semana tenho de descansar. Curtam bué, tá?

10 comentários:

  1. Palém do mais isto tá bué da fixe!!

    ResponderEliminar
  2. Tá!"Amanda-te" para a cama e põe-te fixe!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Pois, Carlos, vá mas é assentar-se um pouco para descansar as cruzes. Bom fds.

    ResponderEliminar
  4. Carlos, Só agora percebi que estava convalescente, melhoras rápidas.
    Até me custa a acreditar nestas novas palavras...:)))
    xx

    ResponderEliminar
  5. Não vou na onda do novo acordo!
    Palém de lhe desejar boa recuperação, desejo-lhe buereré de descanso, amande-se para o sofá e pra cama!
    Bom fim de semana Carlos

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  6. Amigo tudo é só pra complicar o que já é complicado rssss
    Fim de semana ...bom pra descansar mesmo!!
    abraços.
    Joelma

    ResponderEliminar
  7. Oi, Carlos!
    O Brasil também é um país "economista". Por exemplo: quando rogamos por Nossa Senhora Aparecida, dizemos "Nóssss"!
    "Pelo amor de Deus" fica assim: "Pelamor". E por aí vai...

    Abraços de ponta-cabeça.

    ResponderEliminar
  8. Carlos, costume seguir estes teus artigos sobre o português que acho extremamente cómicos e bem escritos. Irritam-me às vezes :)), porque sou um defensor convicto da língua portuguesa e não quero o acordo, embora acredite na evolução linguística, para nada.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. O Carlos foi anestesiado.
    Estes gajos drogam-se.
    Há uma grande diferença...

    ResponderEliminar