segunda-feira, 11 de agosto de 2014

They will always love Paris! Do they?



Paris Hilton chegou hoje  a Portugal. Logo à noite vai estar  numa discoteca  em Vilamoura  a carregar num botão.  Amanhã, ou numa das próximas noites, vai estar em Ofir, na discoteca Pacha, durante mais uma hora a fazer o mesmo.
Não se sabe quanto vem ganhar Paris Hilton a Portugal, mas é conhecido o cachet que recebeu em Espanha: 260 mil euros por hora!
Chamem a isto regras de mercado, poder das celebridades, fama, ou o que quiserem. Para mim tem apenas um nome: obscenidade!

14 comentários:

  1. A rapariga não tem culpa nenhuma, evidentemente! Mas realmente há com cada idiota cheio da massa... :P

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ela limita a aproveitar-se desta loucura e faz muito bem. Quem paga para a ir ver é que me parece tonto...
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Concordo em absoluto!

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  3. Tinha lido a notícia ontem.
    A gaja mostra muito, e nem é nada de especial!!, recebe uma fortuna, exibe um sorriso de plástico, e vai embora fazer o mesmo noutro sítio qualquer onde lhe paguem para fazer estas figuras.
    Ela presta um serviço a quem lhe paga (a peso de ouro!!)
    Idiota é quem paga e quem assiste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É precisamente a esses idiotas que eu chamo obscenos, Pedro.

      Eliminar
  4. A responsabilidade maior nem é dela, Carlos! É um pouco como os ordenados dos futebolistas... Estúpido e irresponsável é quem paga, quer para a criatura se mostrar quer para a ver!!

    Amigo, assim vai o mundo, infelizmente!

    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não, amiga. Ela aproveita a aoportunidade e quem a criticar, que atire a primeira pedra. Quem lhe paga o cachet, deve estar seguro que é um bom investimento e quem paga para a ir ver carregar num botão deve ser um 'cadinho idiota, ou não tem que fazer ao dinheiro.
      Boa semana também para ti.

      Eliminar
  5. Por tanto dinheiro eu até carregava em DOIS botões

    ResponderEliminar
  6. Um atentado à pobreza e não só!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada vez mais parecido com o tempo do Estado Novo, quando os bailes dos Patiño eram notícia de primeira página e as pessoas, que nem dinheiro tinham para comer, entusiasmavam-se ao ver tanto luxo.
      Beijinhos

      Eliminar