terça-feira, 2 de setembro de 2014

A espada




Era uma vez um grupo de  jovens que decidiu divertir-se numa noite de sábado. Depois de emborcarem uns copos, ficaram sem   nada para fazer, nem vontade de regressarem a casa, apesar de a noite ir alta e o alvorecer já despontar no horizonte. Foram, por isso, dar uma volta pela cidade.
A determinada altura um jovem  de 26 anos ( no meu tempo aos 26 anos já eramos adultos e tínhamos responsabilidades, mas enfim, os tempos evoluem e quanto mais tarde as pessoas deixarem de ser jovens melhor) achou piada a uma estátua de um tipo com uma espada de bronze e resolveu  desafiá-lo para um duelo.  Como se estivesse num qualquer jogo da Internet. Enfastiada com a postura do jovem e recusando-se a dar-lhe réplica, a estátua ignorou-o. 
O jovem, desafiante, decidiu  sentar-se em cima da espada, na vã tentativa de obrigar a estátua a responder ao desafio. O melhor que conseguiu foi partir a espada. Sem saber o que fazer com aquele bocado de metal foleiro que cedera ao seu peso, o jovem pegou na lâmina da espada e rumou finalmente a casa. Talvez, ao chegar, decidisse assaltar o frigorífico e partir uns bifes com a lâmina da espada do Fundador.  Talvez até fizesse uma selfie, para mais tarde recordar.
Não teve sorte. Pelo caminho, a polícia interceptou-o. Lá se foi o prego  e a selfie
Esta manhã o jovem foi presente a tribunal. No final da audiência fugiu em louca correria dos jornalistas que o aguardavam, depois de a juíza ter determinado que aguardaria julgamento com termo de identidade e residência.
Dentro de dias a  juíza mandá-lo-á em paz. Afinal é apenas um jovem, por isso, os pais que paguem os prejuízos. Não tendo estes recursos para pagar, paga o contribuinte, porque é para isso que ele existe. Para pagar as irreverências dos jovens. 
Amen
Para quem não leu ou ouviu a notícia, deixo os links:
Aqui e aqui ( este com video)

5 comentários:

  1. Já vi a notícia vezes sem conta. É o que dá fazer férias em casa e ligar a TV no telejornal. A notícia foi repetida à exaustão.

    Esse ainda foi apanhado mas ao que parece não é o primeiro a vandalizar o mesmo monumento.

    ResponderEliminar
  2. O mundo está cheio desses 'engraçadinhos' _ aqui milhões de vezes roubaram o óculos do poeta Drummond de Andrade ,sentado no banco da praia _ e nada acontece com eles.,ninguém nunca vê e se vê ignora. E os óculos vão sendo substituídos com o nosso suado dinheirinho.E assim caminha a humanidade... ali e aqui. rs
    abraços Carlos

    ResponderEliminar
  3. Há jovens agricultores de quarenta e não sei quantos anos...

    Um país que não respeita o seu passado , não constrói o presente e não tem futuro!!

    Abraço, amigo

    ResponderEliminar
  4. Uns tabefes não fazem mal nenhum quando são aplicados a quem os merece e no momento em que o devem ser.

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente, abundam jovens desses que são o futuro de um país sem futuro!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar