quarta-feira, 18 de março de 2015

(A)normalidades. Ou talvez não...

É normal que num dia de greve do metro, um comboio tenha de estar parado 10 minutos numa estação, para que dezenas e dezenas de jovens acompanhados por professores com ar comprometido se acomodem nas carruagens?
É normal que esses jovens  se atropelem em cada estação para ocupar lugares  vagos, antecipando-se a pessoas de idade avançada que são “obrigadas” a continuar de pé?
É normal que um jovem convide uma jovem para se sentar ao colo dele aliciando-a com a frase “aproveita que está bem duro?”
É normal que perante a recusa da jovem ele se levante e lhe apalpe o rabo?
É normal que os professores assistam a tudo isto (aparentemente) impassíveis?
Se calhar é e o anormal sou eu, por estar aqui a escrever sobre as cenas a que assisti.
Afinal, não há razões para preocupações. Os jovens frequentam um colégio privado ( ao que sei dos mais caros de Lisboa) e todos sabemos que são as escolas privadas que ocupam sempre os primeiros lugares no ranking dos melhores estabelecimentos de ensino da Tugalândia.

8 comentários:

  1. Para mim é tudo muito anormal...., educação precisa-se!!!
    xx

    ResponderEliminar
  2. É triste que aconteça e espero que nunca venhamos a considerá-lo normal.

    ResponderEliminar
  3. É triste que aconteça e espero que nunca venhamos a considerá-lo normal.

    ResponderEliminar
  4. Nos dia de hoje, tudo é permitido lolol

    ResponderEliminar
  5. Não é nada normal, são todos uma cambada de cretinos, Carlos!

    ResponderEliminar
  6. Não é normal, não, mas, infelizmente, faz parte da “normalidade” dos dias que por aqui se vivem. E os seus ouvidos não terem sido brindados com termos mais empolados, já foi uma grande sorte!

    ResponderEliminar
  7. ~ ~ ~ Um registo sensível e ético, abordado com uma ironia justíssima ~ ~ ~

    ~ Percebe-se o baixo nível pedagógico dessa instituição de ensino particular onde, quase sempre, os alunos são repreendidos, de acordo com o seu 'status'.
    ~ Esse aluno-palhaço permite-se tais ousadias porque sabe que é protegido.

    ~ Louvável reparo numa altura de acentuada descredibilização da escola pública.

    ~~Bj.~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  8. Sem dúvida, os anormais somos nós!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar