sábado, 30 de maio de 2015

Porque hoje é sábado

Conheci dias duradouros,
o sol tão longo entre manhã e tarde.
Um levantar súbito de luz
por trás da crista das heras no muro velho,
e depois descer no verão entre grades verdes
e para além do portão como a cair no Hades,
no inverno. Não havia tempo
nos dias longos, mas a passagem diária
do sol abençoado.

( Fiama Hasse Pais Brandão)

2 comentários:

  1. E, porque hoje é sábado, os dias estão a ficar mais longos e o sol abençoado tem feito a sua passagem diária, cá pelo burgo, fez bem em escolher este poema da Fiama Hasse!

    Mas como a Poetisa só escrevia para gente erudita, para a entender vi-me aflita!
    A sério!

    Janita

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia!

    Beijinho Carlos e um bom domingo

    ResponderEliminar