quarta-feira, 29 de julho de 2015

Un homme et une femme



Em 1965, Mireille Mathieu era a cantora favorita dos franceses e os críticos apontavam-na como a sucessora de Edith Piaf, mas só depois de uma aparição no Festival da Eurovisão se tornou mais conhecida na Europa
Porém,apesar de ter somado sucessos ao longo da sua carreira, não foi na Europa ocidental que teve mais popularidade, mas sim nos Estados Unidos e, paradoxalmente, também na União Soviética e países de Leste, com várias canções cantadas em russo e em grego.
Nos anos 70, tive oportunidade de testemunhar o prestígio que Mireille Mathieu tinha na Roménia e Bulgária, onde muitos pensavam que ela era azeri.
A canção que escolhi é a banda sonora de um filme que foi Palma de Ouro em Cannes: Un homme et une femme.
Interpretado por Anouk Aimée e Jean Louis Trintignant, o filme foi um grande sucesso e a canção esteve nos tops durante várias semanas.
Ao contrário do que é habitual, hoje deixo-vos duas canções, que mostram duas facetas desta versátil francesa.

E já agora, para quem não viu o filme, sugiro uma ida até ao You Tube...

5 comentários:

  1. A canção é belíssima, e gosto imenso da voz de Mireille Mathieu.

    No entanto prefiro a do filme, apesar da versão não ser cantada.
    Eterna!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Uma grande voz, embora não esteja entre as minhas intérpretes preferidas.

    ResponderEliminar
  3. Nunca mais tinha ouvido esta música... muitas lembranças me vieram à cabeça :)))
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. A voz da Mireille Mathieu era quase tão grandiosa como a de Edith Piaf, mas tinha aquele ar de "menina exemplar" que sempre me irritou.

    O filme interpretado por um dos meus actores preferidos, Jean Louis Trintignant, mostra como se fabrica magia no cinema.

    A Gema só de deixou ver um vídeo, cujo cenário achei muito piroso, com uma Mireille vestida com tão mau gosto como a minha amiga Angie, mas com uma voz de rouxinol.

    O Carlos continua com as canções do passado e eu com as canções do presente.

    ResponderEliminar
  5. Aqui está está uma música original do filme interpretada pelo que foi marido de Anouk Aimée e a banda sonora era da autoria do grande Francis Lai: https://www.youtube.com/watch?v=ZUtMxdh3jT4

    ResponderEliminar