sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Lisa e o pescador

Se eu tivesse sabido desta história há mais tempo, teria surpreendido aquele casal alemão que conheci em Chaves, de que vos falei no post anterior.
(Vale a pena seguir o link, para conhecer a história...)

5 comentários:

  1. Deu-me um bocado de trabalho a visualização do vídeo, mas valeu a pena a minha insistência, Carlos!
    Há certos fenómenos que só vistos se acreditam.
    Isto só vem provar, uma vez mais, que a verdadeira dedicação e amizade produz milagres. Não conhece barreiras...
    Estou a lembrar-me do filme "Amigos Improváveis" também ele baseado num acontecimento real.
    Ah, de certeza que o casal alemão iria adorar ver esta amizade.:)
    Obrigada, Carlos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os alemães amam animais, por isso, o casal alemão iria adorar ver a amizade de um pescador desportivo com um visão-americano.

      Também eu amo todos os animais e gostei de saber que o mamífero selvagem vive perto de Chaves, nas margens do rio Tâmega, cidade que quero visitar em 2017.

      Eliminar
  2. Tinha lido o título da notícia, nas "notícias ao minuto", mas não a li...desmotivada de tudo... preguiçosa!!!
    O casal teria adorado a visita.

    Martinha pareceu-me uma ternura. Os animais são excelentes companhia.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Muito interessante, Carlos.
    Ótima semana.
    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderEliminar