terça-feira, 16 de julho de 2013

Férias escolares.

( Quando não havia computadores)

Joãozinho está de férias e anda a gastar tempo pelo jardim em brincadeiras solitárias. A determinada altura entra em casa vai directo ao frigorífico para comer um sorvete. A mãe entra na cozinha e dá aquela bronca:
- Nada disso, Joãozinho. Agora não é hora de comer sorvete. Está quase na hora do almoço... Vá lá para fora brincar!
- Mas mamã, não tenho ninguém para brincar comigo!
A mãe entra no jogo dele e diz:
- "Tá" bem, então eu vou brincar contigo. A que é que nós vamos brincar?
- Quero brincar ao papá e à mamã.
Tentando não mostrar surpresa ela responde:
- "Tá" certo. O que é que eu devo fazer?
- Vá para o seu quarto, vista o baby-doll e deite-se.
Pensando que vai ser bem fácil controlar a situação, a mãe sobe as escadas. Joãozinho vai então à sala e pega num velho chapéu do pai. Encontra ainda uma beata num cinzeiro e coloca-a no canto da boca. Sobe as escadas e vai até ao quarto da mãe. Esta, levanta a cabeça e pergunta:
- E o que eu faço agora?
Com um jeito autoritário, Joãozinho diz:
- Desce imediatamente e dá o sorvete ao miúdo!

10 comentários: